Carregando 0.00%

Sistema de Esgotamento Sanitário

É um conjunto de obras e instalações destinadas a realizar coleta, transporte e afastamento; disposição final das águas residuárias da comunidade de uma forma adequada do ponto de vista sanitário.

O esgotamento sanitário traz muitos benefícios para todos, como por exemplo:

  • Melhoria das condições sanitárias locais;
  • Conservação dos recursos naturais;
  • Eliminação de focos de poluição e contaminação;
  • Eliminaçãode problemas estéticos desagradáveis.

O sistema de esgotamento sanitário da cidade de Guanhães se constitui basicamente de ligações prediais, redes coletoras, interceptores e Estação de Tratamento (em fase de implantação), concebido como separador absoluto,ou seja, a coleta dos esgotos domésticos é separado das águas de chuva.

As águas de chuva e o lixo, quando vão para as redes de esgoto, pressionam a parede dos tubos, que se rompem provocando refluxos nas residências e nas ruas.

Descrição Geral

  • Cerca de 80% da água distribuída nas edificações transforma-se em esgoto, o qual deve ser coletado e tratado antes de ser lançado no solo ou em corpos d’água.
  • Os esgotos domésticos são os que provêm principalmente de residências, edifícios comerciais, instituições ou quaisquer outras edificações que contenham instalações de banheiros, lavanderias, cozinhas ou outros dispositivos de utilização de água para fins domésticos. Os esgotos industriais devem ser considerados caso a caso, e efetuar um tratamento conforme suas características, pois, além da matéria orgânica, podem carrear substâncias químicas tóxicas ao homem e a outros animais.
    No Brasil adota-se o sistema tipo separador absoluto, onde os sistemas coletores de esgoto são independentes dos sistemas coletores de águas pluviais.
  • No Brasil adota-se o sistema tipo separador absoluto, onde os sistemas coletores de esgoto são independentes dos sistemas coletores de águas pluviais.
    O sistema coletivo de esgotos é composto por rede coletora, estação de tratamento de esgotos (ETE) e o lançamento final em um corpo receptor.
  • Compreende-se por redes coletoras de esgotos sanitários o conjunto de canalizações destinadas à coleta e transporte de esgotos domésticos a um destino conveniente, incluindo seus elementos acessórios e complementares. A rede coletora recebe os esgotos produzidos nas residências e no comércio, sendo composta pelos coletores principais, coletores-tronco e interceptor.Os esgotos são encaminhados para as redes coletoras, através de coletores primários.
  • Os coletores primários os encaminham até os interceptores, que são tubulações que percorrem os fundos de vale, margeando os cursos d’água ou canais. O papel dos interceptores é transportar os esgotos gerados nas sub-bacias até os emissários, evitando que sejam lançados em rios e córregos.
    Os emissários têm a função de transportar os esgotos até a ETE.
  • Nas estações de tratamento, os esgotos passam por processos físicos e/ou biológicos que produzem efluentes tratados, prontos para serem lançados no meio ambiente outra vez.